Filmes de qualidade ligados à magia e ao sobrenatural, que nos façam refletir e sonhar.
Bem-vindo à seção Vídeo Zen. Todo mês, dicas transcendentais de filmes em VHS e DVD pra você se abastecer em sua locadora favorita.

Minha vida na outra vida
Mais do que a crença na sobrevivência da alma, a reencarnação prega que ela não pára de evoluir, habitando sucessivamente vários corpos até atingir a perfeição e integração total com o Criador. Assim é que muitas pessoas sentem fascínio por certos lugares, épocas, costumes mesmo que estes nada tenham a ver com as circunstâncias de sua vida atual. O filme Minha vida na outra vida foi baseado numa história real, a da inglesa Jenny Cokell, que hoje conta com 53 anos de idade e vive e trabalha como pediatra na Inglaterra. Desde a infância, Jenny era tomada por visões e lembranças que a transportavam para sua última reencarnação na Irlanda, em 1932, onde se chamava Mary Sutton, mãe dedicada e amorosa de 5 filhos. Dona-de-casa, Mary procurava transmitir otimismo e alegria aos seus filhos, todos pequenos enquanto lutava contra a pobreza e os acessos de fúria do marido alcoólatra. Com talento para desenhar, Jenny foi transformando suas visões em mapas e ilustrações de ruas, pessoas, monumentos e paisagens da vila irlandesa onde viveu como Mary Sutton.
No filme, que sofreu algumas adaptações, Jenny é interpretada pela atriz Jane Seymour – a mesma de Em algum lugar do passado . Quando o filme começa, Jenny é mostrada como uma bela mulher americana de 40 anos, arquiteta bem-sucedida, mas enfrentando uma pequena crise no trabalho e no lar. As constantes visões e sonhos tiram sua concentração do trabalho e prejudicam seu relacionamento com o marido e o filho, este em idade de ingressar na faculdade. Sem saber como interpretar as sensações, Jenny conhece um teólogo que também é hipnoterapeuta, estudioso do tema reencarnação, e que por meio de sessões de regressão a estimula ainda mais a mergulhar nessa outra vida. Numa narrativa tocante e lírica, nos envolvemos com o cotidiano de sua reencarnação passada. Nos deliciamos com a paisagem bucólica da Irlanda, suas constantes brincadeiras e passeios com os filhos pequenos. Nos comovemos e nos chocamos com a brutalidade com que era tratada pelo marido, bronco e rude. Apesar da vida simples e do marido, Mary amava seus filhos, 3 meninos e 2 meninas, sendo que o mais velho tinha cerca de 12 anos. Seu maior medo era morrer e deixar as crianças desamparadas. Chega um momento em que as lembranças interferem tanto em sua vida que Jenny parte para a Irlanda na tentativa de saber mais sobre sua família em outra vida. É o início de uma investigação que a levará também numa viagem interior, descobrindo mais sobre si mesma. Além da bela e tocante história, com lindas paisagens e momentos emocionantes, o filme tem o mérito de aprofundar o debate sobre o tema reencarnação. No DVD lançado no Brasil, os capítulos Extras trazem opiniões de cientistas e escritores brasileiros.Uma ótima opção para se assistir com a família e meditar sobre a pluralidade das existências.
DVD. 2000. Duração: 93 minutos.