Dicas de livros que ampliam seu conhecimento, descortinam novos universos e ajudam o desenvolvimento espiritual e o auto conhecimento.

Richard Bach - Máximas

Ex-piloto de avião, nascido em 1932, o americano Richard Bach é mais conhecido por uma série de best-sellers lançados nos anos 70: Fernão Capelo Gaivota, Ilusões – Memórias de Um Messias Indeciso, Longe é um Lugar que Não Existe, entre outras.

Em cada uma há um convite para se enxergar a vida de outro ângulo. Não só, para se desconfiar dos limites impostos pelo “senso comum” que tiram de cada um de nós o gosto de sermos únicos, diferentes e especiais.

Numa homenagem a este singelo pensador, esta coluna publica algumas de suas máximas, num convite à reflexão, ao sonho, a um contato com uma parte de nós que sabe ser capaz de ousar e fazar a diferença.


“Cada um de nós é uma idéia ilimitada de liberdade”

“Podem os quilômetros realmente nos separar dos amigos? Se você quer estar com alguém a quem ama, já não está lá?”

“As únicas coisas que realmente importam, são as feitas de verdade e alegria.”

“Você não tem aniversário porque sempre viveu: nunca nasceu, jamais haverá de morrer.

Não é a filha das pessoas a quem chama de mãe e de pai, mas a companheira delas, na jornada maravilhosa para compreender as coisas que são.”

“O que a lagarta chama de fim de mundo, o homem chama de borboleta.”

“Quanto mais valorizar seus limites, mais ficará preso a eles.”

Se você busca a segurança antes da felicidade, a segunda será o preço que terá de pagar pela primeira.”

“Quantos vivem toda a vida sem descobrir o que sabem e amam?
Tantos. Não ser um desses é essa a tua missão.”

“Sua única obrigação nesta vida é ser verdadeiro para si mesmo.”

“Não dê as costas a possíveis futuros,antes de ter certeza de que não tem nada a aprender com eles”

“A ninguém é dado um desejo sem o correspondente poder de realizá-lo.