As 7 profecias Mayas
Os Mayas jamais constituíram um império. Ainda assim, eles criaram a mais antiga civilização pré-colombiana. Viviam espalhados pela selva em pequenas aldeias. Erguida por volta do ano 250, Tikal foi um importante centro sagrado, habitado apenas por nobres e sacerdotes. O restante da população dirigia-se ao local durante as festas religiosas que aconteciam na praça principal, onde se encontram pirâmides que têm função de templos. Em seus dias áureos, no século IX, Tikal chegou a reunir cerca de 50 mil pessoas. Em parte, tal fato se deve a sua localização no cruzamento de rios que se encontram no caminho entre o Golfo do México e o Mar do Caribe.
No ano 900, aproximadamente, o povo abandonou a região, rumo ao norte. Os motivos da partida repentina são um mistério.   Misteriosamente desapareceram. Sobraram apenas as belas praças, edifícios, estradas e templos. Em suas paredes, tumbas e pedras, deixaram a visão que tiveram sobre o futuro da humanidade:
As 7 profecias Mayas.

1ª Profecia Maya
A primeira profecia fala sobre o final do medo. Diz que o nosso mundo de ódio e materialismo terminará no sábado 22 de dezembro do ano 2012. Neste dia a humanidade devera escolher entre desaparecer do planeta como espécie pensante que ameaça destruir o planeta ou evoluir para a integração harmônica com todo o universo. Compreendendo que tudo está vivo e consciente, que somos parte desse todo e que podemos existir em uma era de luz.
A 1ª profecia Maya diz que a partir de 1999 temos apenas 13 anos para realizar as mudanças de consciência e atitude fundamentais para nos desviar do caminho da destruição e encontrar um outro que abra a consciência e a mente para a integração com tudo o que existe.
Os Mayas sabiam que o nosso sol, " Kinich-Ahau" , é um ser vivo que respira e que a cada tempo se sincroniza com o enorme organismo que existe, que ao receber uma manifestação de luz do centro da galáxia brilha mais intensamente produzindo em sua superfície o que nossos cientistas chamam de erupções solares e mudanças magnéticas. Eles dizem que isso acontece a cada 5.125 anos. Que a terra se vê afetada pelas mudanças do sol mediante o deslocamento do seu eixo de rotação. Previram que apartir desse movimento haveria grandes catástrofes.
2ª Profecia Maya
A 2ª profecia anunciou que o comportamento de toda a humanidade mudaria rapidamente apartir do eclipse solar de 11 de agosto de 1999. Naquele dia vimos como um anel de fogo que se recortava contra o céu, foi um eclipse sem precedentes na historia pelo alinhamento em crus cósmica com o centro da terra de quase todos os planetas do sistema solar. Eles se posicionaram nos 4 signos do zodíaco que são os signos dos 4 evangelistas, os 4 guardas do trono que protagonizam o apocalipse segundo São João. Além disso, a sombra que a lua projetou sobre a terra atravessou a Europa, passando por Corsovo, depois pelo Oriente Médio , Irã, Iraque e posteriormente dirigindo-se ao Paquistão e a Índia . Com a sua sombra ela parecia prever uma área de conflitos e guerras.

3ª Profecia Maya
A 3ª profecia diz que uma onda de calor aumentará a temperatura do planeta provocando mudanças climáticas, geológicas e sociais de magnitudes sem precedentes e a uma velocidade assombrosa. Os Mayas disseram que esse aquecimento se dará por vários fatores. Alguns deles pelo ser humano que por sua falta de sincronismo com a natureza só poderá produzir processos de auto-destruição. É o efeito estufa, hoje debatido, tentando se reverter o processo ocasionado pela tecnologia, poluição e devastação das matas e natureza.
4ª Profecia Maya
A 4ª profecia Maia diz que o aquecimento do planeta, causado pela conduta antiecológica do ser humano e por uma maior atividade do sol, causará o derretimento do gelo dos pólos.
Se o sol aumentar seus níveis de atividade acima do normal haverá uma maior produção de ventos solares, mais erupções maciças desde a coroa do sol, um aumento na irradiação e um incremento na temperatura do planeta. Os Maias se basearam no giro de 584 dias do planeta Vênus para efetuar seus cálculos solares. Vênus é um planeta facilmente visto no céu, pois sua órbita está entre a terra e o sol.

Eles deixaram registrado em seu “Códicidrede” que a cada 117 giros de Vênus marcado a cada vez que o planeta aparece no mesmo ponto no céu, o sol sofre fortes alterações e aparece grandes manchas ou erupções do vento solar, advertiram que a cada 1.872.000 kines, ou seja, 5.125 anos são produzidas alterações ainda maiores e que quando isto ocorrer o ser humano dever ficar alerta, é o presságio de destruição e mudanças.
No “Códicedrede” também figura o numero 1.366.560 kines que tem a diferença de 1 katun (20 anos) como um numero que aparece entalhado no Templo da Cruz em Palenque. Estes 20 anos ou 1 katun, eles chamavam de “Tempo do não-tempo” e é o que estamos vivendo desde 1992. As mudanças da atividade do sol serão maiores uma vez que as proteções de todo o planeta estão ficando mais fracas.

5ª Profecia Maya
A 5ª profecia dz que todos os sistemas baseados no medo sob as quais está fundamentada a nossa civilização se transformarão simultaneamente com o planeta e com o ser humano, dando lugar a uma nova realidade de harmonia.
O ser humano está convencido de que o universo existe só para ele, que a humanidade é única expressão de vida inteligente e por isso age como depredadora de tudo que existe.
Os sistemas falharão para que o seu humano enfrente-se a si mesmo para que ele veja a necessidade de reorganizar a sociedade e continuar no caminho da evolução que nos levará a entender a criação
.
A previsão faz referência a quebra da economia globalizada. O dinheiro que move o mundo com valores irreais e ilusórios. A síndrome do cartão de crédito tornou-se um mal comum, o ser humano assume dividas superiores ao que ganha pondo sua economia pessoal em risco, isso se reflete em todos nos níveis.
A especulação em torno do capital financeiro e a corrupção leva a uma situação econômica pior que a de 1929, antes da quebra da bolsa de valores em 1930.
Quase todas as economias do mundo então falidas, vivendo de um sistema ilusório, como um planeta de cristal. Quando ocorreu uma lasca econômica nos EEUU ela estilhaçou toda a economia mundial. Em efeito dominó ocorrem as falências dos Bancos e do sistema.
 A 6ª profecia Maya
Esta fala que nos próximos anos aparecerá um cometa ( Ajenjo como era chamado) cuja trajetória colocará em perigo a própria existência do ser humano. Os Mayas viam os cometas como agentes de mudanças que vinham equilibrar o movimento existente das transformações que permitem a evolução da consciência coletiva.
A humanidade está constantemente enfrentando situações inesperadas que geram sofrimento; é um modo de conseguir que o ser humano reflita sobre sua relação com o mundo e com os outros. Assim ao longo de muitas experiências e em muitas vidas ele entenderá as leis naturais da razão e da criação.

7ª Profecia Maya
 A 7ª profecia nos fala do momento em que o sistema solar, em seu giro cíclico, sai da noite para entrar no amanhecer da galáxia. Ela mostra que nos 13 anos que vão desde 1999 até 2012, a luz emitida desde o centro da galáxia sincroniza todos os seres vivos e permite a eles concordar voluntariamente, com uma transformação interna em produzir novas realidades e que todos os seres humanos têm a oportunidade de mudar e romper suas limitações através do pensamento.
Mudanças no sistema, nas leis, nos governos. A paz e o desenvolvimento espiritual serão o resultado de seres em harmonia com o universo
.