O Fantasma da Ópera

História narrada por Rafaela S. do Rio de Janeiro

" Vivi uma experiência hilária e terrificante: havia acabado de tomar banho e quando coloquei a toalha como um turbante nos cabelos, me olhei no espelho.
De repente e sem o meu controle minha boca se abriu e comecei a cantar, com uma voz de soprano que jamais tive, um trecho da "Rainha da Noite" da ópera Flauta Mágica de Mozart.
Sem conseguir parar o recital saí "aos cantos" pela casa em busca de ajuda , vestida apenas com a toalha da cabeça!
De repente o"fantasma" se desprendeu de mim, e aí fui eu a perder a voz, pois estava apavorada.
Hoje é motivo de piada, mas aqueles minutos de cantora lírica ficaram marcados para sempre."


Direito Reservados P.Jota Produçõe